A política está virando um verdadeiro circo

Desde que a política é refúgio fácil para artistas esquecidos, o povo fica cada vez mais com cara de platéia. Não é assim que deve funcionar.

A política deve ser construída por pessoas que sabem o que estão fazendo. Entrar neste meio, não é apenas criar leis, que podem ou não ser aprovadas e sim ter métodos que possa melhorar o nosso país. Por que resolvi escrever esse texto?

Na tarde de hoje, encontrei em um site de notícias gerais sobre TV, que o humorista Marquitoirá se candidatar para vereador de São Paulo. De acordo com o próprio, será uma resposta do carinho do público. Será? Ele vai saber comandar um cargo que é muito importante para uma cidade?

Mas hoje em dia, isso é tratado de forma normal, a política de nosso país está vivendo um verdadeiro circo, onde qualquer um pode entrar e comandar uma cidade, estado ou até um país. E ainda tem gente que o coloca lá! É um descaso total, com os brasileiros. A política não foi criada para ter uma platéia, e sim eleitores satisfeitos com o vereador, deputado, governador, etc. que escolheu.

E mais palhaços devem vir por aí, no ano passado, Tiririca conseguiu uma marca de mais de um milhão de votos. Pode ter sido um tipo de protesto, porém, não pensaram nas consequências. Cadê a saúde? E as greves nas Universidade Federais? Não estou me referindo que ele possa ser o causador disso, mas sim dos políticos que escolhemos. Pensar, pesquisar e saber quem é que você está colocando em seu ‘comando’. Será que ele vai melhorar minha cidade? Vai dar valor a nossa educação? A saúde?

Mas o grande mau do brasileiro, é de pensar em só em si. Quando um vereador vai à uma comunidade, fazer promessas, e as pessoas começam a falar. “A minha rua está cheio de buracos”, “A água lá em casa, cai só duas vez por semana”, “O lixeiro passa uma vez por semana”. Esquecem de olhar pro lado e até para trás e ver que tem gente precisando mais, do que, nós. Temos que pedir por todos, democracia também é isso, são nossos direitos e pra todos.

Então, na hora de votar, não pense só em você. Pense que o seu vizinho, enquanto está precisando desta saúde medíocre que está atualmente, amanhã você possa precisar. Não é lição de moral, é sociedade. Vamos pensar igual, lutar pelos nossos direitos igualmente. Se não, vamos viver sempre como platéia e não como o artista principal.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s